terça-feira, 18 de abril de 2017

Brutal - Detetive Sean Corrigan # 1 de Luke Delaney



Sinopse: O que levaria alguém a golpear outra pessoa na cabeça e, na sequência, esfaqueá-la 77 vezes? O garoto de programa Daniel Graydon jamais imaginaria que encontraria tamanha perversão nos clientes com quem saía. Mas viu seu fim se aproximar ao ir contra sua regra de ouro: nunca levar os homens para casa. Seu parceiro sexual e algoz, porém, tinha algo de sedutor e era difícil recusar a proposta de uma noite regada a sexo, e muito bem paga. Daniel tornara-se apenas uma das vítimas de um personagem sombrio, cuja pulsão pela morte o levava a matar com regularidade e método. Cada morte representando um passo adiante no aperfeiçoamento da macabra arte de tirar vidas: cruel, dolorosa, limpa e sem pistas. Um desafio para a polícia de Londres e sua divisão de Crimes Graves do Grupo Sul, liderada pelo atormentado detetive-investigador Sean Corrigan.

Brutal é o primeiro thriller policial de Luke Delaney, que serviu por muitos anos na polícia londrina investigando crimes diversos, dos cometidos por assassinos em série aos resultados de conflitos entre gangues e máfias. Nos livros de Delaney, Sean Corrigan é o herói que encarna a missão de desvendar mortes e descobrir quem os cometeu, e fazê-los pagar. O violento passado do detetive fez com que ele desenvolvesse a incrível habilidade de reconhecer o mal onde quer que ele esteja. Ele sabe que precisa ser rápido o bastante para evitar que o assassino faça sua próxima vítima.

Romance policial / Suspense e Mistério

Resenha:CRUEL

Comecei a ler Brutal para sair da minha zona de conforto e posso repetir quantas vezes forem necessárias; esse livro me prendeu do início ao fim e é o melhor que li em 10 anos.
Luke Delaney vou sempre me lembrar desse nome, da força e da potência da sua escrita.
A visão de um assassino, forte, poderoso, maquiavélico e sadomasoquista. Do início ao fim vi um humano que tinha dentro de si muito mais que desejo, muito mais que conhecimento e muito mais que simples atitudes. Nesse livro está sua forma de pensar, seus instintos, seu lado animal.
Por outro lado temos Sean Corrigan um investigador que tem faro e um sentido apurado, com uma equipe que luta para estar à sua altura buscando por perfeição em cada detalhe.
Posso dizer que dei cinco estrelas porque esse livro realmente tem um desfecho inesperadamente sensacional.
Esse livro contém gatilho sobre estupro e violência extrema.
Policial é o meu gênero preferido e posso dizer que cada capítulo guarda uma surpresa diferente. Leia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar é dizer o que sente e o que pensa. Fique a vontade e sejam bem vindos!

Lendo