domingo, 4 de junho de 2017

O Arroz De Palma por Francisco Azevedo



Sinopse: Primeiro romance a tratar da imigração portuguesa para o Brasil no século XX, O ARROZ DE PALMA narra a saga de uma família em busca de um futuro melhor, superando diversas dificuldades. Nos cem anos em que acompanhamos suas vidas, irmãos brigam e fazem as pazes. Uns casam e são felizes, outros se separam. Os filhos ora preocupam, ora dão satisfação. Tudo sempre acompanhado pelo arroz jogado no casamento dos patriarcas, José Custódio e Maria Romana, em 1908. Grão que serve de fio condutor desta história, como migalhas de pão jogadas no labirinto da memória.

Estréia na literatura do roteirista e dramaturgo Francisco Azevedo - autor das peças Unha e carne e A casa de Anais Nin, sucessos de público e crítica -, o livro começa com Antônio, filho de José e Maria, aos 88 anos, preparando o almoço que será servido à família, finalmente reunida após muito tempo. Enquanto combina os ingredientes, vão se misturando em sua mente as histórias que Tia Palma, irmã de seu pai, lhe contava. Mitologias familiares, que gravitam em torno desse arroz e também em torno das dificuldades em se largar uma terra amada por um futuro duvidoso.

No casamento dos pais, em Viana do Castelo, norte de Portugal, seguindo a tradição, o casal saiu da igreja sob uma chuva de arroz. Recolhido por Palma, esses 12 quilos de arroz foram acompanhando a família, sendo fundamentais em vários momentos. Como quando, para tratar da infertilidade da cunhada e do irmão, Palma dá a ele um laxante e depois prepara uma canja com esse arroz. O mesmo que ela presenteia ao sobrinho Antônio no dia de seu casamento. Uma união selada num almoço em que a família serviu esse arroz com bacalhau. O ARROZ DE PALMA é um romance delicado, que emociona e comove. Com um certo ar de Isabel Allende, a trama tem um forte componente sentimental. Uma nostalgia por um tempo em que a família abrigava as pessoas. Um ideal que, portugueses ou não, todos herdamos.

Resenha: Palmas Para A Santa Trindade

Li esse livro em doses pequenas... 
Senti que essa família tinha muita coisa da minha... Pensei nos trechos que mais tocaram meu coração e foi como se eu estivesse na mesa com minha avó conversando, momentos especiais para mim... Minhas duas avós gostavam de conversar enquanto preparávamos os ingredientes para cozinhar ou deixávamos a mesa posta para o café no dia seguinte após uma boa partida de tranca. Foram ótimas conversas que sempre me abriam os olhos.
Esse livro é assim, doce, amargo, salgado, azedo e apimentado, mas com boas lembranças.
Antonio é um senhor que guarda dentro de si memórias que são verdadeiras reflexões, momentos refinados de família. Tenho muito para  pensar agora sobre cada passo desse prato difícil de preparar e que saibam todos que esse livro é um dos melhores pratos que já pude apreciar, um livro com essência perfumada de arroz e da melhor qualidade!

Esse livro foi publicado pela Editora Record e é lindo! 

29 comentários:

  1. hey, ja tinha ouvido falar do livro e n me interessei por ele, mas fico feliz que esse livro so lhe trouxe coisas gratificantes!

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Gosto muito de livros que nos levam a refletir sobre nossas próprias vidas, livros que nos trazem lembranças pessoais, e com certeza esse é um desses livros, fiquei feliz em ler seu depoimento e saber como ele te tocou. Obrigada, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Livros que nos fazem refletir são ótimos, nos trazem uma outra visão do mundo, da vida e de nós mesmo! Adorei a dica! bjs

    ResponderExcluir
  4. Oiii querida tudo bem?
    Menina eu fiquei bastante interessada em ler esse livro, principalmente por se tratar de romance na época portuguesa, com toda certeza pretendo ler, ótima resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bem?

    Não conhecia esse livro, mas sua resenha ficou muito boa e me deu vontade de ler, ainda mais sendo romance de época.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da ideia desse livro, principalmente por ser de um momento histórico que acredito nunca li nada.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  7. Só o fato de narra uma época colonial portuguesa já fiquei interessada. Não tinha lido nada a respeito do livro, e sua resenha foi muito bem vinda.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Oi AMO livros que nos fazem pensar, leituras que falam de história são sempre profundas.
    Não conhecia o livro e gostei muito da obra num todo.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro e nem o autor, mas confesso que não parece ser o tipo de leitura que me atrai muito. Pelo que vi, fiquei com a sensação de ser uma leitura mais densa e lenta, e no momento, não estou com a paciência necessária para ler um livro assim.
    De qualquer forma, fico feliz que você tenha apreciado a leitura e que o livro tenha te despertado reflexões.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é nada lenta é maravilhosamente rápida!
      Frases curtas cheias de significado. Beijos!

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?
    Não conhecia a obra, mas amei a sua dica
    Amo livros que trazem reflexão e abordam um pouco de história.
    Sua resenha me deixou encantada, certamente é uma leitura que farei em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, já tinha ouvido falar nesse livro em outro blog e confessou que já de antes me chamou a atenção. A questão da imigração é certamente um tema literariamente muito rico tal como a busca pela sensação do pertencimento.

    Adorei a proposta do autor.

    ResponderExcluir
  12. Oii, tudo bem?
    Então, o título e a capa não me chamaram a atenção, mas gostei muito da resenha. Gosto de romances de época e não li nada sobre a época que o Brasil era uma colônia, imagino que seja um livro rico em detalhes da época e isso me faz querer dar uma chance a obra.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro e gostei da premissa. Essa ideia de falar da migração portuguesa como pano de fundo e fazer a gente refletir sobre vários caminhos que escolhemos como nação é ótima.

    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Nossa a história parece muito bonita e sensível, fiquei muito curiosa para conhecer essa família que veio tentar a sorte pelas bandas do Brasil, assim como a minha veio um pouco depois da Espanha e Itália, eles mexiam com o café, mas sempre que precisa também trabalhava com Arroz.

    ResponderExcluir
  15. percebi o quanto a leitura te tocou pelo texto... e fiquei curiosa pra ler, deve ser realmente uma obra sensível e que nos deixa absortos... me lembrei de Cem anos de solidão...

    bjs ^^

    ResponderExcluir
  16. Olá, amei a resenha do livro.. deu vontade de ir até uma banca e comprar .
    amei o blog tambem
    beijos
    http://levandoaseriio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá, já tinha visto a capa desse livro antes, mas não tinha lido a premissa, mas agora com sua resenha me interessei muito, parece ser aquele livro que deve ser degustado, onde não cabe uma leitura rápida. Valeu a dica! Bjs

    ResponderExcluir
  18. Hey!!

    Não conhecia a obra, acabei não me interessando, mesmo depois da sua resenha que achei muito boa alguma coisa não me despertou para a leitura. Vou passar essa dica.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  19. Oi Mila,
    Não conhecia o livro, mas adorei saber dele. Gosto de livros que tratam um pouco da história, e trazem como pano de fundo, de um romance. Dessa forma o romance acaba me interessando.
    Valeu a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá, nunca tinha ouvido falar nesse livro e confesso que não me empolguei muito pela enredo, não sei, me pareceu uma história densa e arrastada. Enfim, talvez tenha algo de agradável que eu não consegui enxergar. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito pelo contrário, ela flui como água e é maravilhosa!

      Excluir
  21. Nossa, não conhecia o livro, confesso que deu uma ponta de curiosidade em ler, já que retrata a família, e todos podemos achar um pouco de nós nisso.
    Continue nos dando dicas de leituras, isso inspira a muitos.
    Obrigada, e sucesso! ❤️

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem?
    O conteúdo histórico da imigração portuguesa para o Brasil e a luta diária de uma família pela sobrevivência e toda a sua adaptação ao clima e ao trabalho parece resultar em uma excelente história. Com certeza vou ler!

    ResponderExcluir
  23. Oie
    parece ser uma leitura super gostosa e aconchegante, gostei da sua resenha e da dica, mais que anotada

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bem?
    O livro parece ser uma ótima leitura, mas não faz muito o meu tipo de leitura, por conta disso vou passar a dica.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  25. Ainda não conhecia o livro, mas eu daria uma chance para essa leitura. Parabéns pelq resenha, ficou muito boa.
    By: Evy | atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oii, tudo bem?
    Eu achei a premissa do livro bem interessante e a sua resenha instigante, e apesar do livro sair da minha zona de conforto, eu fiquei com muita vontade de o ler e com certeza o colocarei na minha listinha.

    ResponderExcluir
  27. OOOI. Tudo bem?
    Que livro interessante!! Amo romances históricos. Desses que além de nos prender a atenção, ainda nos trazem informações interessantíssimas. Já esta na minha listinha para proóximas leituras.
    Bjo

    ResponderExcluir

Comentar é dizer o que sente e o que pensa. Fique a vontade e sejam bem vindos!

Lendo